quinta-feira, 23 de março de 2017

Nos confins do Brasil: Exército reforça patrulhamento e faz reconhecimento de marcos na fronteira com a Venezuela

EXÉRCITO REFORÇA PATRULHAMENTO E FAZ RECONHECIMENTO DE MARCOS NA FRONTEIRA

Equipe percorreu área fronteiriça e coletou informações com os indígenas da região que faz fronteira com a Venezuela

PABLO ROCHA RORAIMA 

O Exército reforçou o patrulhamento na fronteira do Brasil com a Venezuela, ao Norte do Estado, para coibir a entrada de drogas, armas e criminosos pela região fronteiriça. Durante quatro dias, uma equipe do 5º Pelotão Especial de Fronteira (5ºPEF), localizada em Auaris, na Terra Indígena Yanomami, composta por nove militares, realizou um patrulhamento na faixa de fronteira roraimense no extremo Oeste do país.
Além de combater ilícitos transfronteiriços, eles patrulharam os marcos fronteiriços e estabeleceram contato com as comunidades indígenas lindeiras. A patrulha passou dois dias fazendo deslocamento a pé pela selva, no interior da terra indígena para chegar à fronteira com a Venezuela e percorrer os marcos.
“Cabe ressaltar que, apesar das dificuldades de deslocamento para chegar à localidade, por conta da distância e do terreno acidentado, os marcos daquela região foram reconhecidos, limpos, bem como a comunidade Ye'kuwana local passou informações da região aos militares”, explicou o major Rodrigo Luís, da comunicação do Exército.

Fonte > Roraima Music/montedo.com

" Se a sociedade necessita de Forças Armadas, elas tem que ter prerrogativas", diz Comandante do Exército

Em mais uma edição do "Comandante Responde" o general Villas Bôas fala da importância da soberania do País e da proteção social das Forças Armadas. Bem humorado, brinca com seu problema de saúde: "O Estado-Maior vai ter que elaborar as normas para utilização da bengala."



Fonte > Montedo

quinta-feira, 16 de março de 2017

Exército define ampliação na atuação nas ruas de Porto Alegre

Exercício Guarujá, que visava o preparo da tropa para ações de GLO em Porto Alegre em outubro de 2016 - Foto: Luiz Armando Vaz / Agencia RBS

Além de patrulhar um dos principais parques de Porto Alegre, o Exército ampliará a atuação nas ruas da capital gaúcha. Segundo a prefeitura, uma reunião entre o prefeito Nelson Marchezan Júnior e o comandante militar do Sul, general Edson Leal Pujol, definiu que será realizada também vigilância nas áreas próximas a quartéis, além do compartilhamento de tecnologia com os órgãos estaduais de segurança. Leia mais...

Fonte  > Defesanet

Operação Ostium - Combate voos irregulares ligados ao narcotráfico


A Força Aérea Brasileira (FAB) iniciou nesta semana a Operação Ostium, que irá reforçar a vigilância no espaço aéreo sobre a região de fronteira do Brasil com a Bolívia e o Paraguai. O objetivo é coibir voos irregulares que possam estar ligados a crimes como o narcotráfico.
Devem participar da Operação aeronaves de caça A-29 Super Tucano, helicópteros H-60 Black Hawk e AH-2, aviões-radar E-99, aeronaves de reconhecimento R-35A e RA-1 e Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP) RQ-450. Leia mais...

Fonte > Defesanet

61º BIS intensifica ações na região de fronteira

Cruzeiro do Sul (AC) – O Exército Brasileiro, por intermédio do 61º Batalhão de Infantaria de Selva (61º BIS), está intensificando as ações de presença na região de fronteira, na calha do Rio Amônia, com o emprego do Destacamento Especial de Fronteira de Marechal Thaumaturgo.
A finalidade é prevenir e reprimir ilícitos transfronteiriços e ambientais nas Terras Indígenas Kampa, do Rio Amônia e Apolina-Arara.

Fonte > Defesanet

Saiba um pouco mais sobre os Blindados das Forças Armadas Brasileiras